Trabalhador: você sabe calcular horas extras? Entenda!

Horas extras e como calcular. Direito trabalhista
4 minutos para ler

jornada de trabalho deve respeitar os limites estabelecidos pela lei, mas, infelizmente, os trabalhadores são vítimas recorrentes de abusos por parte dos empregadores. Por isso, nosso post  será sobre como calcular horas extras. Siga a leitura e saiba mais!

Quando as horas extras devem ser pagas?

O trabalhador deve ficar atento à sua jornada de trabalho. Horários de entrada e saída no serviço e intervalos durante o expediente e entre jornadas devem estar presentes no contrato de trabalho. Sempre que o empregado trabalhar além do combinado e não receber nenhuma compensação, terá direito ao pagamento de horas extras.

O que é considerado hora extra?

Você terá direito a horas extras:

1) Quando exceder a jornada de trabalho

O limite estabelecido em nossa legislação para o trabalho semanal é de 44 horas. Sempre que trabalhar mais tempo que isso deve exigir o pagamento de horas extras.

2) Quando não tiver intervalos durante o trabalho

Todo trabalhador tem direito, no mínimo, a um intervalo durante a jornada de trabalho para repouso e alimentação. Em regra – se não houver acordo em contrário -, você terá direito a:

  • Uma hora de intervalo, se trabalhar mais de seis horas por dia.
  • 15 minutos de intervalo, se trabalhar entre 4-6 horas por dia.

Se o empregador não conceder esses intervalos ou essa pausa for menor que o previsto na legislação, você terá direito a horas extras.

3) Quando os intervalos entre duas jornadas de trabalho não forem respeitados

Nossa legislação contempla o direito de o trabalhador gozar de, no mínimo, 11 horas de repouso entre uma jornada de trabalho e outra. Ou seja, se do momento em que você deixa o trabalho até a hora em que começa a trabalhar de novo no dia seguinte se passarem menos de 11 horas, você poderá reclamar horas extras.

Qual é o limite permitido para as horas extras?

A regra é que o trabalhador poderá trabalhar mais duas horas diárias a título de horas extras, mas deve haver essa previsão em acordo escrito ou contrato coletivo de trabalho. Em situações excepcionais, o empregado pode cumprir horas extras – no limite de duas diárias – sem haver contrato escrito que as preveja.

Como calcular horas extras?

Siga o passo a passo para fazer o cálculo:

1) Calcule o salário-hora

As horas extras são calculadas de acordo com o salário que você recebe por cada hora trabalhada: é o chamado salário-hora. Para isso:

  • Divida o número de horas que trabalha por semana pelo número de dias de trabalho da semana.
  • Multiplique esse número por 30. O resultado é o número de horas em que você trabalha no mês.
  • Divida o seu salário por esse total de horas trabalhadas no mês – esse será o valor do seu salário-hora.

Por exemplo: 44 horas de trabalho semanal/seis dias de trabalho = 7,3333…

7,3333… x 30 dias do mês = 220 horas trabalhadas no mês

R$ 1.100,00 de salário/220 horas = R$ 5,00 é o seu salário-hora

2) Calcule a hora extra

A hora extra vale mais que a hora normal de trabalho. O acréscimo depende do dia em que ela foi cumprida:

  • Se foi de segunda a sexta-feira: o acréscimo é de 50% sobre o salário-hora.
  • Se foi em domingos ou feriados: o acréscimo é de 100% sobre o salário-hora.

Para saber quanto de hora extra receberá no mês:

  • Calcule quantas horas extras trabalhou.
  • Faça o cálculo de quanto vale a hora extra (hora normal + acréscimo) e multiplique pelo número de horas extras trabalhadas no mês.

Por exemplo: cinco horas extras trabalhadas no mês.

Valor da hora extra de segunda a sexta: R$ 5,00 + R$ 2,50 (50% de R$ 5,00) = R$ 7,50.

Cinco horas extras x R$ 7,50 = R$ 37,50 é o total que receberá pelas horas extras do mês.

O controle da jornada de trabalho é um direito do trabalhador e é importante que este seja atencioso em seus detalhes. Não se esqueça de que a orientação de um advogado é fundamental para garantir que você peça e receba as horas extras corretamente.

Nosso post sanou suas dúvidas sobre como calcular horas extras? Deixe um comentário com a sua opinião!

 

 

Você também pode gostar

Deixe um comentário